Ashburn | sábado, 20 de julho de 2024

Dores de Cabeça e o Tratamento Homeopático

Dores de Cabeça e o Tratamento Homeopático

Compartilhe esta matéria

É difícil tratar dores de cabeça, porque são manifestações muito variadas e nem sempre os médicos acertam a medicação. A homeopatia, porém, consegue muitos êxitos. Confira neste texto como o tratamento homeopático aborda as diferentes cefaleias.

Em mais de 90% dos casos, a dor de cabeça ocorre sem relação com nenhuma causa particular. De vez em quando, identifica-se um distúrbio psicológico passageiro (tensão nervosa ou ansiedade). Mais raro ainda é a dor de cabeça constituir-se em um dos sinais de uma doença subjacente (especialmente a depressão), funcional (distúrbios digestivos, por exemplo) ou orgânica (sinusite distúrbios visuais, artrose cervical, meningite, etc.)

Os diferentes tipos de dor de cabeça

Para determinar a escolha do tratamento, os médicos homeopatas fazem a distinção dos diversos tipos de dores de cabeça, segundo suas causas e seus sintomas.

  • Dores de cabeça de caráter congestivo:

O sintoma mais característico é o paciente sentir “o sangue pulsar na cabeça”. Quase sempre essas dores estão associadas a uma afecção vascular e a um problema de hipertensão, que convém tratar.

  • Dores de cabeça “digestivas”:

Vêm acompanhadas de náuseas, vômitos, dores abdominais ou queimação no estômago.

  • Dores de cabeça “de estudantes”:

    São dores de cabeça que, em quase todos os casos, agravam-se com o esforço intelectual. Essas dores podem ocorrer tanto em crianças que frequentam a escola, quanto em estudantes adolescentes e adultos.
  • Dores de cabeça oftálmicas:

Elas se associam a vários distúrbios oculares (visão embaçada, percepção de pontos luminosos, ofuscação), podendo estar diretamente relacionadas a um dos olhos ou aos dois.

  • Dores de cabeça menstruais:

Há vários tipos de cefaleias associadas à menstruação (antes, depois, durante, quando é muito abundante, quando está atrasada, etc.).

  • Enxaqueca:

Podendo se manifestar de várias formas, a enxaqueca é um tipo particular de cefaleia forte. Normalmente, só atinge um lado da cabeça; poderá ser precedida por alteração da visão ou problemas psíquicos; sempre é acompanhada de náusea e vômito, intolerância à luz (fotofobia) e um mal-estar geral. Além do mais, pode voltar periodicamente ( a cada dois dias, a cada mês, etc.) e desaparecer sem explicação aparente. Quase sempre a enxaqueca está ligada à hereditariedade. Suas causas variam, entre elas alteração do funcionamento hormonal, do fígado ou do aparelho digestivo, alergia, distúrbio psíquico, etc.

Dores de cabeça e diagnóstico homeopático

Se você procurar um médico homeopata para tratar de sua dor de cabeça, além das questões indispensáveis que normalmente terá de responder-lhe, informe-o com precisão a respeito dos seus sintomas. Assim, ele poderá fazer uso dessas informações para identificar os seguintes aspectos:

  • causas: fatores alimentares, alergia, problemas endócrinos e psíquicos;
  • horários (dores de cabeça que acontecem durante o dia, à noite, em certa hora, etc.);
  • periodicidade, alternância ou ocorrência concomitante com outras manifestações (diarreia, tosses, etc.);
  • fatores de agravamento e de melhora;
  • irradiação da dor (nos dentes, na nuca);
  • sensações (de sufocamento, pulsação, queimação);
  • sintomas associados.

A consulta a um homeopata devido a dores de cabeça compreende, portanto, um exame clínico minucioso para descobrir se há uma eventual enfermidade que seja a causa desse mal, além do longo questionário que se faz habitualmente. Em certos casos, é fácil determinar a causa pela localização da afecção responsável (artrose cervical, sinusite, etc.), ou se o grau de gravidade (meningite). No caso de suspeita de uma doença crônica, é indispensável fazer exames complementares.

Os tratamentos homeopáticos

Como acontece com toda afecção crônica, o objetivo da homeopatia é determinar o medicamento similimum, que corresponde perfeitamente aos sintomas mais particulares do doente.

O medicamento receitado poderá fazer desaparecer a cefaleia. A consulta ao homeopata consiste numa conversa cuidadosa, complementada por um exame clínico e, eventualmente, por outros exames específicos.

Ressaltamos a importância das consultas médicas para a prescrição adequada dos medicamentos homeopáticos de acordo com as características dos sintomas e as condições de melhora e agravamento. Evite a automedicação e procure sempre um profissional de sua confiança caso tenha qualquer tipo de dúvida.

Outras matérias

Matérias

Symphytum – Atletas podem usar homeopatia?

SYMPHYTUM – Atletas podem usar homeopatia? É comum percebermos maior desgaste, contusão e dor em atletas durante competições e treinos pré-campeonatos, e os tipos de

Nos dedicando à Satisfação de nossos Clientes

Nos adaptando às necessidades comerciais do mercado.

CADASTRE - SE E RECEBA NOVIDADES

SIGA INJECTCENTER NAS MÍDIAS